Eleição

O DECRETO DE DEUS

"Creio na doutrina da eleição porque tenho absoluta certeza que, se Deus não me escolhesse, eu jamais O escolheria. Tenho certeza que Ele me escolheu antes de eu nascer, ou do contrário nunca me escolheria depois disso."[C. H. Spurgeon]

Posted by Cristianismo Puro e Simples on Domingo, 19 de abril de 2015

sábado, 7 de abril de 2012

Páscoa conosco

"Lançai, fora o velho fermento, para que sejais nova massa, como sois, de fato, sem fermento. Pois também Cristo, nosso Cordeiro Pascal, foi imolado. Por isso, celebremos a festa não com o velho fermento, nem com o fermento da maldade e da malícia, e sim com os asmos da sinceridade e da verdade." (1 Co 5:7-8)


O fermento é uma imagem do pecado. É pequeno, porém poderoso; trabalha em oculto; faz a massa inchar e se espalha, a igreja deve se livra de todo velho fermento, todas as coisas que pertencem a nosso antigo estilo de vida antes de crermos em Cristo (Wiersbe-Comentário bíblico expositivo).

O termo Páscoa do hebraico PESSACH, significa passagem, os Judeus celebram a libertação e fuga do Egito, e os Cristãos celebram a morte e ressurreição de ressurreição Cristo.

No livro de Êxodo 12 vemos a instituição da Páscoa judaica e os elementos e tradições que a compõem, que em seu sentido especial é uma sombra do verdadeiro e real significado.

O Cordeiro Pascal, a ser imolado, sem defeito, e seu sangue aspergido nos umbrais das portas, representa o sangue de Cristo derramados a favor de muitos, em 1Jo 1:7 diz: sangue esse que nos purifica de todo pecado(velho fermento), que faz com que não sejamos consumidos, quando Deus olha para a terra ele vê sobre nós o sangue de Cristo sobre nossas vidas.

Foi um sacrifício santo, puro e agradável a Deus, a Páscoa é motivo de grande alegria, pois o seu sangue nos libertou dos nossos pecados e nos fez reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, Ap 1:5-6. Foi somente pelo sangue do Cordeiro ele reconciliou consigo todas as coisas, éramos por natureza inimigos de Deus e filhos da ira, agora somos reconciliados e temos paz para com Deus por meio de Jesus Cristo nosso Senhor.

Muitas pessoa questionam esses períodos de festas cristãs, muitas pessoas defendem a não comemoração atribuindo a tais festas, sentidos pagãos e comerciais, é verdade que se pesquisarmos um pouco mais existem tais conotações, mas nunca devemos esquecer que independente da data ser exata ou não, ou se neste mesmo evento comemora-se festejos a deuses da fertilidade - inclusive de onde vem a tradição de ovos e coelhos da pascoa, independente disto tudo o sentido principal é Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, é momento de nós alegrarmos e juntos com nossa família e igreja celebrarmos e exaltarmos o nosso Senhor, o que importa é lembrar da morte e ressurreição de Jesus, lembrar também que ele foi assunto aos céus e da mesma forma que subiu voltará, Maranata.

Aguardamos com muita expectativa a volta do nosso Senhor, em suas ultimas palavras, na santa ceia, num período como este de celebração da Páscoa, disse Jesus: Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes do meu sofrimento, pois vos digo que nunca mais a comereis, até que ela se cumpra no Reino de Deus. (Lc 22:15-16). Lembremos a morte do Senhor Jesus até que ele venha, e estaremos no grande banquete das bodas do Cordeiro.


By Rogério Carvalho

Um comentário:

  1. Paz do Senhor Jesus! Parabéns pelo seu blog. Que o senhor nosso Deus possa continuar te iluminando para que possas continuar edificando vidas através das postagens! Estou te seguindo e aguardo sua honrosa visita e seguimento! meu enderço de blog é: http://adjardimpaulistaalto2.blogspot.com.br - Saudações em Cristo!

    ResponderExcluir